Câncer / Notícias

Viviane Pereira

Publicado em 21/05/2019

Revisado em 21/05/2019

Instituto Vencer o Câncer: 5 anos evitando, tratando, curando e ajudando a escrever belas histórias de vida

Instituto Vencer o Câncer faz 5 anos! Veja depoimentos de pacientes com quem tivemos a alegria de conviver e que fazem parte de nossa história.

 

Colagemd e fotos de pessoas que deram depoimento nos 5 anos do Vencer o Câncer.

Vencer: alcançar vitória ou triunfo; derrotar. Obter resultado favorável em algo. Controlar alguém ou algo que tem muita força e poder. Ir além de; extrapolar, ultrapassar. Superar suas próprias emoções ou limitações.

Tão diversificado quanto o conceito de vencer, são diversas as jornadas que o Vencer o Câncer acompanha, inspira, ampara, instiga, dissemina, vivencia com cada paciente que ajuda a escrever essa história que completa 5 anos no dia 21 de maio de 2019. É tão amplo quanto o chamamento: Busque vencer, que pode vir na cura definitiva ou na superação pessoal de quem renasce e busca uma nova oportunidade, uma nova visão para a vida, caminhando, ainda que de mãos dadas com a doença.

Em 2014, os oncologistas Antonio Buzaid, Fernando Maluf e Drauzio Varella tinham o objetivo de atualizar e informar a população sobre os avanços do tratamento do câncer. Lançaram então o livro “Vencer o Câncer”. Depois vieram mais duas obras: “Vencer o Câncer de Mama” e “Vencer o Câncer de Próstata”, que trouxeram o conceito Evitar Tratar Curar, compartilhando conhecimento sobre diagnóstico, tratamento, inovação e cuidados para a população que luta contra o câncer. Era o embrião do Instituto Vencer o Câncer (IVOC).

No lema do IVOC, toda a jornada de tantos pacientes e de quem busca prevenir a doença:

Evitar – Esquivar-se de algo por ser desagradável ou perigoso. Fazer de tudo para que algo não aconteça.

Tratar – Cuidar da saúde, do bem-estar dos outros ou de si mesmo. Proporcionar tratamento adequado para a cura de doença. Submeter-se a tratamento ou procedimento médico ou afim.

Curar – Restabelecer a saúde de alguém ou a sua própria. Debelar, eliminar a doença. Recuperar a saúde.

“O instituto foi criado para educar e orientar principalmente pacientes e familiares de pacientes com câncer e emponderá-los através do conhecimento”, explica Buzaid. Maluf complementa: “O Instituto visa a democratização da informação, em termos de prevenção, diagnóstico e tratamento de câncer, dos mais altos padrões de qualidade, permitindo que através do corpo científico que constitui o Vencer o Câncer, que é o corpo de médicos dos mais reputados do país, médicos com formação nacional e internacional, consiga oferecer informação de alta qualidade para a população, independente da sua condição socioeconômica”.

“Há 25 anos que acredito na participação dos médicos junto aos meio de comunicação para educar a população sobre saúde. No começo, eu era um dos poucos; felizmente, hoje evoluímos a ponto de termos médicos de alto nível, como Antonio Carlos Buzaid e Fernando Maluf, falando diretamente com o público sobre os maiores avanços no tratamento do câncer. É um privilégio para mim ter feito parte do começo do projeto Vencer o Câncer, e acredito que seja um privilégio para o público contar com o conhecimento desses médicos gratuitamente através do site e das redes sociais do IVOC”, afirma Drauzio Varella.

Para Buzaid, a saúde pública no Brasil é motivo de vergonha para todos os brasileiros. “Somente através do emponderamento do maior número de pessoas iremos mudar isto”. Maluf acredita que o IVOC pode melhorar o cenário do câncer no Brasil ajudando a população com orientação e prevenção, informações sobre diagnóstico e tratamento de câncer: “unindo o país em busca da melhor forma de conduzir problemas relacionados aos pacientes oncológicos e também interação com o governo pela melhoria de leis e projetos referentes à saúde pública”.

Maluf destaca os planos para o futuro da entidade: “Expandir para a América Latina, aumentar as áreas de pesquisa sobre aspectos oncológicos no Brasil, particularmente caracterizando a heterogeneidade entre os diferentes estados e regiões, e reforçar o canal do IVOC no Youtube”.

 

Fazendo a diferença para pacientes e familiares

Divulgando informações sobre prevenção, cuidados e tratamentos de diversos tipos de câncer, novos medicamentos que chegam ao Brasil e pelo mundo, pesquisas clínicas para pacientes, realizando eventos para debater importantes aspectos relacionados ao tema e atuando em políticas públicas, o Instituto Vencer o Câncer busca fazer a diferença na jornada dos pacientes e contribuir para diminuir as estatísticas da doença com prevenção.

A melhor forma de registrar o resultado do trabalho da instituição é apresentando a visão de alguns pacientes com quem tivemos a alegria de conviver e que fazem parte de nossa história.

 

Osmar Rosa Vilela.

Osmar Rosa Vilela – Creio que a melhor forma de prevenir ou se tratar dessa doença tão impactante para o paciente e familiares é ter acesso a informações confiáveis e atualizadas. Nesse sentido, o Instituto Vencer o Câncer contribui de forma essencial, sobretudo para se ter qualidade de vida.

 

Marlene Pereira.

Marlene Pereira – O Instituto Vencer o câncer tem um papel importante, porque precisamos muito de informação. Eu não tinha tantas informações, não tinha conhecimento praticamente nenhum sobre câncer, e adquiri com o instituto. Eu vejo os vídeos, acompanho o Facebook e o Instagram do Vencer o Câncer. Eu também leio os livros – quando tenho alguma dúvida, vou lá e pesquiso; é bem explicado, ilustrado. Eu fico realmente muito bem informada.

 

João guilherme Becheli.

João Guilherme Becheli – Informação e confiança são essenciais para um paciente e, consequentemente, para o caminho da cura. É como um amigo com a palavra segura de um médico sempre a sua disposição. Assim vejo o IVOC.

 

Ivone Ferreira Santos.

Ivone Ferreira Santos – Eu leio sempre que posso as postagens do Instituto Vencer o Câncer e acho super importante para aqueles que venceram o câncer e para aqueles que estão enfrentando o tratamento e esperando ouvir dos lábios dos médicos a notícia que tanto almejam, que é a melhora ou quem sabe a cura. Não é fácil tomar medicamentos para dor quase todos os dias, depois colocar um sorriso no rosto e fazer de conta que está tudo bem. Espero que o instituto continue divulgando esse trabalho, pois é muito importante para nós.

 

Antonio Augusto da Mata.

Antonio Augusto da Mata – Participei por duas ocasiões das reuniões do Instituto Vencer o Câncer, organizadas pelo dr. Fernando Maluf, com a presença de profissionais de várias áreas. Elas são de suma importância; fazem com que encaremos a luta contra a doença dentro das expectativas atuais quanto a cuidados e tratamentos, com resultados que nos dão novos horizontes e incentivos para vencer esta batalha.

 

Luciana Assmann.

Luciana Assmann – O Instituto Vencer o Câncer para mim significa antes de tudo APOIO. Apoio ao paciente desde o primeiro momento, do diagnóstico, que continua ao longo da luta contra a doença, mostrando cada fase do tratamento como realmente é, dando informação confiável e super atualizada e principalmente trazendo otimismo e qualidade de vida.

 

Paula Mara de Assis Palma.

Paula Mara de Assis Palma – O IVOC é uma plataforma fantástica para saber de forma segura e séria o que vem acontecendo de melhorias no tratamento a pacientes com câncer, com uma linguagem simples e objetiva. O cuidado e atenção do dr. Fernando Maluf é algo indescritível – ele é um anjo na terra; ele me tranquilizou e me fez ter a certeza de que o tratamento seria uma fase que ia passar e realmente acabou e estou curada. Sou muito grata pelo privilégio de poder ter sido atendida por ele.

 

Fausto Rossi Simões.

Fausto Rossi Simões – Entendo o Instituto Vencer o Câncer como paradigma virtuoso, incansável na dedicação e cuidados para preservação da vida humana. Trata-se de uma instituição voltada ao conhecimento e à pesquisa, norteada por impecável espírito científico, em que o admirável empenho e dedicação dos seus membros nos transferem os benefícios desenvolvidos com dedicação plena. Chegando a nos emocionar.

É com máximo reconhecimento que agradeço ao “DEUStino”(desculpe o neologismo) ter-me presenteado, colocando-me sob os cuidados desses HERÓIS da medicina, que no meu caso chama-se dr. Antonio Carlos Buzaid, com seu espantoso conhecimento, empenho e dedicação, devolveu-me a vida com qualidade, quando não tínhamos nenhuma expectativa.

Portanto, registro aqui os meus mais profundos sentimentos de gratidão. Tenho certeza que não falo só por mim, mas por todos que tiveram a sorte de terem sido assistidos por este grande e honrado médico. MUITO OBRIGADO!

 

Maria Carolina Cassoni de Almeida Prado.

Maria Carolina Cassoni de Almeida Prado – Antes de ter câncer eu já acompanhava o IVOC, pelo meu marido, para auxiliá-lo, já que ele é paciente oncológico há 9 anos. A maior parte das vezes que eu tinha alguma dúvida, via o site do Instituto e conseguia ter uma resposta. Me ajudou muito a ter uma noção quando tive o meu diagnóstico – eu já fui preparada. Ajuda muito. Eu acompanho bastante o Instagram do instituto. Descubro muita informação importante para o meu tratamento e nesse tempo eu consegui várias dicas, por exemplo, como amenizar os efeitos colaterais dos tratamentos, como passar melhor por essa fase. Eu segui as dicas para as unhas não cair e não perdi as unhas. Dicas simples que ajudam tanto, como usar talheres de plástico para facilitar manusear. Informações transmitidas de forma fácil e compreensiva. Já indiquei o site para várias pessoas que passaram a seguir, familiares e amigos que são pacientes oncológicos. Conheço pessoas de baixa renda que não teriam acesso à informação e o IVOC possibilita que esse conhecimento chegue a todos, de qualquer poder aquisitivo. Ajuda demais e nos dá a sensação de que é possível encontrar solução para todos os problemas.

 

Michele Salek.

Michele Salek – O Instituto Vencer o Câncer foi fundamental após a notícia do diagnóstico, foi lá que fui começar a descobrir o mundo que me esperava. Os vídeos, as notícias, as informações detalhadas do câncer de mama, as dicas, tudo contribuiu para que eu me valesse de informações de qualidade para aumentar a minha confiança e adesão ao tratamento.

 

Ana Paula Massolin.

Ana Paula Massolin – O Vencer o Câncer hoje se tornou umas das melhores fontes de informação e esperança para quem passa por esse processo. Nele eu encontrei informações sobre como me cuidar, me alimentar, mas principalmente encontrei o conforto e o carinho por saber que não estamos sozinhos, que dando as mãos conseguimos sempre ir mais longe!

 

Cristiane Ibrahim e Lucas

Cristiane Ibrahim – O IVOC ainda não existia quando eu me tratei, mas mesmo assim o Instituto faz parte da minha vida como paciente oncológico e profissional de saúde. Sempre que preciso encaminhar algum paciente ou familiar para um site com conteúdo confiável, é para o IVOC que eu direciono, é o site com conteúdo que recomendo e divulgo. Eu tenho certeza que o pior caminho é quando o paciente oncológico procura respostas na internet em lugares errados. O IVOC traz conteúdo sério, de uma maneira clara e muito interativa aos pacientes. As lives e as chamadas curtas sobre o que está acontecendo nos congressos de oncologia são incríveis. E tem ainda a plataforma de estudos clínicos, que ajuda a população.

Lucas – O que eu tenho a dizer sobre o IVOC é que eu decidi doar meu cabelo por causa da minha mãe, ela falou que ficou muito triste sem o cabelo (por causa do tratamento do câncer) e eu quis ajudar outras pessoas que ficaram que nem ela, mas durante o percurso de crescimento do meu cabelo passei por várias situações ruins, mas tive que continuar indo em frente, e hoje sei que posso ter ajudado e ajudarei outras pessoas.