Câncer / Notícias

Viviane Pereira

Publicado em 15/03/2019

Revisado em 15/03/2019

Ação de esmaltação no Pérola Byington leva cores às unhas e brilho aos olhos das pacientes

Voluntárias passando esmalte em pacientes do Pérola Byington.

Esmaltação no Pérola Byington leva auto-estima para pacientes oncológicos.

 

Sorrisos, olhares animados e a exclamação: “Que surpresa boa!”. Essas eras as principais reações das pacientes que chegavam ao Hospital Pérola Byington para um atendimento, exame ou consulta e encontravam uma equipe de voluntárias dando um colorido especial às unhas de pacientes e colaboradores. A ação de esmaltação na unidade, realizada no dia 12 de março, foi resultado de uma parceria do hospital, o Instituto Vencer o Câncer e a Merck.

“Foi maravilhoso participar da ação. Eu precisava esperar ser chamada para atendimento. Em vez de sair para fazer um tempo, pude ficar no hospital e ser agraciada com a unha arrumada. No corre-corre, muitas vezes não dá tempo de fazer. Eu não tinha feito”, comenta sorrindo Denise Victória da Silva Cossalter, paciente de câncer de mama.

Por conhecer bem a importância de sentir-se bonita durante o tratamento e o efeito da autoestima boa para atravessar esse momento, Rosemar Regaginani visita o Pérola a cada 15 dias para doar bojos que são distribuídos às pacientes. Ela, que terminou o tratamento há 1 ano e 8 meses, aprendeu a preparar o acessório com uma amiga que tem fábrica de costura e conta que enquanto se tratava sentia que um dia ia poder ajudar outras pacientes. “Eu acordei cedo para entregar os bojos e não tive tempo de fazer a unha. Quando cheguei, pensei: ‘Jesus, que presente!’. Gosto de estar com a unha feita. É tão bom estar com boa autoestima. Tem pacientes que ficam tão tristinhas e isso ajuda a melhorar. É bom se sentir bonita”.

“Estas ações são importantes como manifestações solidárias da sociedade, sendo uma forma de melhorar a autoestima das pacientes e a adesão ao tratamento”, destaca o diretor geral do Pérola Byington, Luiz Henrique Gebrim.

Carmelina Amadei, coordenadora do grupo de voluntariado e membro do grupo técnico de Humanização do hospital, destaca a relevância dessas parcerias para as colaboradoras e pacientes. “É muito importante esse tipo de ação para melhoria da autoestima das nossas pacientes e funcionários, ainda mais nesse mês da mulher. São ações como essa que demonstram o quanto humanizar o atendimento é necessário nas unidades hospitalares, principalmente onde se fala muito de doença, onde o paciente chega para um momento de dor e pode ter um momento de alegria, descontração e se sentir mais bonito”.