noticias-colo-uterino / noticias-colo-uterino

Viviane Pereira

Publicado em 31/01/2020

Revisado em 03/02/2020

Panorama do câncer de colo de útero no Brasil e no mundo

Alta taxa de mortalidade poderia ser reduzida com programas mais eficazes de triagem e tratamento.

Perfil de um cientista segurando um recipiente de química e uma cientista observando ao seu lado.

image-15756

A Organização Mundial da Saúde (OMS) registra que o câncer de colo de útero é o quarto tipo de câncer mais frequente em mulheres em geral e o segundo tipo de tumor mais frequente em mulheres que vivem em regiões menos desenvolvidas do mundo. Em 2018 foram 570 mil novos casos e 311 mil mulheres morreram pela doença – sendo que mais de 85% dessas mortes ocorreram em países de baixa e média renda.

Na América Latina e no Caribe, 56 mil mulheres são diagnosticadas anualmente com câncer de colo de útero, com registro de 28 mil mortes. Segundo a OMS, a alta taxa de mortalidade poderia ser reduzida com programas mais eficazes de triagem e tratamento.

 

Mortalidade: Câncer de colo de útero no Brasil em 2017 por região

 

Segundo estimativas do Inca, em 2017 houve 6.385 mortes pela doença. Os índices de mortalidade por região são: Norte 879, Nordeste 2.050, Sudeste 2.066, Sul 932 e Centro-Oeste 458. Confira a seguir os dados de mortalidade em cada estado.

 

image-15757

image-15758

image-15759

image-15760

image-15761

Leia também: Câncer de colo de útero provoca 23 mortes por mês no Amazonas e chama atenção de especialistas