Tipos de câncer / Câncer de cólon e de reto



Câncer colorretal | O que é?

O câncer colorretal é o terceiro tipo mais frequente tanto em homens quanto em mulheres. É o tumor mais prevalente do aparelho digestivo. Um em cada 10 tumores diagnosticados é de origem colorretal.

O risco de uma pessoa desenvolver esse tipo de câncer durante a vida é de aproximadamente 5%. Cerca de dois terços dos tumores de intestino grosso se instalam no cólon, enquanto um terço tem origem no reto.

Ele acomete de modo relativamente semelhante homens e mulheres, geralmente depois dos 65 anos de idade. Mais de 90% dos casos ocorrem em indivíduos com mais de 50 anos.

ANATOMIA

O intestino grosso é formado pelo cólon e pelo reto. O cólon divide-se em quatro partes: ascendente (situada no lado direito do abdômen), transverso (na parte superior), descendente e sigmoide (situadas no lado esquerdo do abdômen). Ele é a parte do intestino grosso que comunica o intestino delgado (formado pelo jejuno e íleo) com o reto, sendo a parte do aparelho digestivo responsável por absorver a água, permitindo a formação do bolo fecal.

Vencer o cancer.indb

Localização do cólon e do reto.

O reto, que liga o cólon ao ânus, divide-se em três partes: alto, médio e baixo. O reto alto situa-se dentro da cavidade peritoneal (membrana que reveste os órgãos abdominais). Já as porções média e baixa são extraperitoneais.

[relacionados]

HISTÓRIA NATURAL DA DOENÇA

O câncer colorretal geralmente tem seu início na camada mucosa, onde existem pólipos adenomatosos ou áreas de displasia, como as da retocolite ulcerativa e da doença de Crohn. Na medida em que crescem, as células malignas invadem a espessura da parede do cólon ou do reto, chegando à camada muscular e à camada adventícia ou serosa, para atingir os linfonodos regionais. Localmente, a doença pode invadir órgãos vizinhos, como bexiga, plexo nervoso sacral, próstata e útero.

Vencer o cancer.indb

Crescimento local e regional do câncer colorretal. Note que o câncer, ao crescer, passa a invadir a mucosa, a camada muscular e a camada adventícia para atingir, pelas vias linfáticas, os linfonodos regionais.

Nas fases mais avançadas, as células malignas podem chegar à circulação sanguínea e criar focos de metástases, principalmente no fígado, no caso de câncer de cólon, e no fígado e pulmões, no câncer de reto. As metástases também podem atingir ossos, cérebro e peritônio.

Vencer o cancer.indb

Crescimento à distância do câncer colorretal. Note que o câncer pode comprometer principalmente o fígado, mas também os pulmões, o peritônio e os ossos.

Assim, se as células do câncer colorretal atingiram o fígado, o paciente tem células malignas do tumor colorretal nesse órgão e não um tumor primário de fígado. O tratamento, portanto, é direcionado para tratar o câncer colorretal metastático e não um tumor primário de fígado.

TIPOS DE CÂNCER DE CÓLON E DE RETO

Os tipos desse câncer podem ser divididos em:

Adenocarcinoma

É responsável por mais de 95% dos casos. Dos tumores do cólon, aproximadamente dois terços dos adenocarcinomas localizam-se no lado esquerdo; os demais, no lado direito do cólon.

Tipos mais raros

São os tumores neuroendócrinos, o tumor estromal do trato gastrintestinal, conhecido também como GIST (da sigla em inglês), e os linfomas. Eles são responsáveis por apenas 5% dos casos.